By URL
By Username
By MRSS
Enter a URL of an MRSS feed
 
or

O Ministério das Relações Exteriores da França divulgou, nesta quarta-feira, que a francesa de 66 anos, deficiente física, arrancada de sua casa em uma ilha turística do Quênia no dia 1º de outubro por homens armados e levada para o sul da Somália, está morta. As autoridades francesas disseram que as circunstâncias da morte de Marie Dedieu ainda não foram esclarecidas, mas sua saúde debilitada pode ter sido um fator. O governo divulgou que ela lutava contra o câncer.