By URL
By Username
By MRSS
Enter a URL of an MRSS feed
 
or

Belluzzo Grita Vamos matar os Bambishttp://www.youtube.com/watch?v=cNfCHZkVzog_________Ônibus do Palmeiras sofre emboscada e é apedrejadoMuricy Ramalho relata emboscada: 'A pedra quase arranca a minha cabeça fora' Após ataque contra ônibus, técnico reclama: 'Isso que dá dirigente ficar falando essas coisas'. E cartola tem certeza de que não eram palmeirenses. O técnico Muricy Ramalho escapou por pouco de um ferimento durante a emboscada contra o ônibus do Palmeiras no fim da tarde deste sábado, em São Paulo. O veículo voltava de Itu, onde o time treinou nos últimos dias, quando foi atacado por um grupo de 15 pessoas na saída da Rodovia Castelo Branco, zona oeste da capital paulista. A pedra estourou no meu vidro, quase arranca a minha cabeça fora. Isso que dá dirigente ficar falando essas coisas e a imprensa divulgando. Dá nisso. Só vão sossegar na hora em que matarem alguém - disse o treinador, já no hotel em que a equipe se concentra na capital paulista No começo da semana, vazou na internet um vídeo em que o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo fala em 'matar bambis' durante uma festa na quadra de uma escola de samba que pertence à principal torcida organizada do Palmeiras. Três vidros do ônibus foram danificados. Um deles estourou. O gerente de futebol, Toninho Cecílio, informou que o Palmeiras vai registrar boletim de ocorrência. Ele viajava em um carro logo à frente da delegação. - Eram cerca de quinze pessoas, nenhuma delas com camisa que identificasse time ou torcida. Mas tenho certeza que eles não eram palmeirenses. Joguei dez anos no Palmeiras, sou dirigente do clube há três e isso não é comportamento da nossa torcida. Pelo contrário, eles vão lotar o Palestra Itália para nos apoiar (contra o Atlético-MG, neste domingo, às 17h). Vamos registrar um boletim de ocorrência e esperamos que essas pessoas sejam identificadas - disse. Toninho disse que os jogadores ficaram assustados com o ataque. Ele explicou que o ônibus, que não tinha nenhuma identificação do Palmeiras, viajava sem escolta policial, solicitada apenas em dias de jogos. - Foi lamentável e o susto foi grande. Mas tenho certeza de que isso não terá nenhuma influência no jogo contra o Atlético Mineiro.